Polícia Federal deflagra operação contra tráfico internacional de arma

29/07/2020

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (29), uma operação contra suspeitos de integrarem grupo especializado na prática do crime de tráfico internacional de armas de fogo e acessórios. A Operação Mercado das Armas foi deflagrada nos estados Paraná, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e Sergipe.

De acordo com a polícia, estão sendo cumpridos 25 mandados de busca e apreensão, sendo: Ceará (2 Fortaleza); Espírito Santo (2 Cariacica); Minas Gerais (4 Belo Horizonte); Paraná (2 São José dos Pinhais, 1 Foz do Iguaçu, 1 Santa Terezinha de Itaipu, 2 Guaratuba); Rio de Janeiro (3 Rio de Janeiro); Rio Grande do Sul (1 Caxias do Sul); São Paulo (2 Araraquara, 1 Cabreúva, 1 Campinas, 2 Várzea Paulista); e Sergipe (1 Aracaju).

Também está sendo cumprido um mandado de prisão preventiva no estado de Minas Gerais na cidade de Brumadinho.

As medidas judiciais são decorrentes de representação policial perante a 13ª Vara Federal de Curitiba/PR.

Durante as investigações a Polícia Federal identificou a atuação de suspeitos nos estados do Paraná, Minas Gerais e São Paulo, que atuavam em associação na importação, transporte e remessa de armas de fogo e acessórios, que teriam como destino estados brasileiros.

Foram realizadas apreensões de armas de fogo e acessórios, escondidos dentro de equipamentos, como rádios, climatizadores e panelas elétricas, que eram remetidos e transportados pelos Correios e por transportadoras privadas.

Bolsonaro veta projeto que previa pagamento de duas cotas por vez do a

29/07/2020

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vetou nesta terça-feira (28) o projeto de lei 2.508, que previa a possibilidade de uma pessoa receber duas cotas do auxílio emergencial, independentemente do sexo do provedor, caso fosse provedora única da família.

Em nota, a assessoria do governo apontou que "não há estimativa do impacto orçamentário e financeiro dessa proposição, o que impede juridicamente a sua aprovação". O comunicado aponta ainda que o veto presidencial não é um "ato de confronto" ao Poder Legislativo.

"Caso o presidente da República considere um projeto, no todo ou em parte, inconstitucional, deverá aplicar o veto jurídico para evitar uma possível acusação de Crime de Responsabilidade. Por outro lado, caso o Presidente da República considere a proposta, ou parte dela, contrária ao interesse público, poderá aplicar o veto político. Entretanto, a decisão final sobre esses vetos cabe ao Parlamento", diz a nota.

O Senado aprovou a proposta no dia 8 de julho, com o objetivo de dar prioridade à mulher provedora em família monoparental a receber o auxílio emergencial pago pelo governo em decorrência da Covid-19.

A justificativa do projeto era que muitas mulheres que cuidam sozinhas dos filhos não receberam o auxílio porque o ex-cônjuge ou companheiro, pai das crianças, sacou os recursos e não repassou o valor.

A matéria aprovada pelo Senado modificava a Lei 13.982, de 2020. De acordo com a lei, a mulher provedora de família monoparental tinha o direito a receber duas cotas mensais do auxílio, o que dá o valor de R$ 1.200.

São consideradas famílias monoparentais aquelas nas quais a guarda dos filhos ou dependentes seja exclusiva de um dos pais. Pelo projeto, se houvesse informação conflitante entre mãe e pai, seria dada à mulher a preferência no recebimento de auxílio emergencial.

O senado também apontou que não haveria empecilhos para homens receberem o benefício, desde que fossem realmente os provedores de famílias monoparentais.

Manifestantes protestam contra o Congresso na Avenida Paulista Leia m

05/12/2016

SÃO PAULO — Milhares de manifestantes se reúnem na Avenida Paulista na tarde deste domingo num ato em defesa da Operação Lava-Jato e do pacote anticorrupção, desfigurado ao ser votado na Câmara. Os manifestantes estenderam na avenida uma grande faixa verde e amarela com os dizeres “Congresso corrupto”.

Dois bonecos gigantes, um do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e outro do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), ambos vestidos de presidiários, foram inflados. A avenida voltou a ficar verde-amarela e uma vaia coletiva foi feita para Renan e para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que virou réu na última quinta-feira no Supremo Tribunal Federal, é um dos principais alvos dos manifestantes. O aquecimento começou com gritos de “fora Renan”, puxado pelos integrantes do Vem pra Rua, e ganhou vozes na avenida: “Renan, cangaceiro, vergonha do Senado, topa tudo por dinheiro” e “Renan, safado, fora do Senado”.

Oliver José Rodrigues, de 71 anos, declarou "apoio irrestrito" ao juiz Sergio Moro, alvo de críticas à sua conduta na operação Lava-Jato. Para o aposentado, que participou de atos contra a presidente afastada Dilma Rousseff e o partido dela, o PT, "está tudo ruim" na política.

- Não temos ninguém que nos represente. Nem sei se seria bom afastar Temer (Michel Temer, presidente) agora. O essencial, neste momento, é cortar mordomias dos políticos no lugar de tirar o pão do povo. Por isso estou aqui: para pedir e melhorias na saúde e educação da população. É o básico - disse Oliver.

A mulher de Oliver, a dona de casa Neusa Gambera, de 69 anos, quer maior investigação entre políticos citados na Lava-Jato. Para isso, observa ela, "a equipe do juiz Sergio Moro" precisa de liberdade para agir.

- Estou aqui para apoiar o juiz Moro e também contra a corrupção. É isso que as pessoas têm que fazer: sair na rua e reclamar, porque se ficarmos em casa, nada melhora - afirma ela, para completar:

- Já protestei contra Dilma e o PT, e agora quero tirar todos os corruptos. É preciso maior investigação, e acho que Moro está agindo como a Lei manda.

Fabiano Bebeto, de 40 anos, é artesão e virou uma especie de celebridade na Avenida Paulista ao encarnar o juiz Sérgio Moro. Em sua terceira passeata contra a corrupção, ele conta que fez o "boneco de Olinda" para que as pessoas tenham oportunidade de estar próximas ao juiz.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/brasil/manifestantes-protestam-contra-congresso-na-avenida-paulista-20587278#ixzz4Rx2nGjvB
© 1996 - 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. 

Temer diz que Henrique Meirelles tem seu "total apoio"

05/12/2016

Anote aí: mais um planeta anão entrou para a lista dos que têm luas conhecidas. Com a ajuda inestimável do Telescópio Espacial Hubble, astrônomos encontraram um satélite natural ao redor de Makemake, o segundo planeta anão mais brilhante. O primeiro, claro, você conhece: Plutão.Makemake foi descoberto apenas em 2005 e ganhou o nome da deusa da criação dos Rapa Nui, povo nativo da Ilha de Páscoa, no Chile. Ele tem pouco menos de 1.400 km de diâmetro (contra 2.372 km de Plutão, medidos com exatidão pela sonda New Horizons) e, a exemplo de seu irmão maior, é um membro do cinturão de Kuiper, localizado além da órbita de Netuno.

Hubble descobre lua em Makemake, planeta anão “vizinho” de Plutão

27/04/2016

Anote aí: mais um planeta anão entrou para a lista dos que têm luas conhecidas. Com a ajuda inestimável do Telescópio Espacial Hubble, astrônomos encontraram um satélite natural ao redor de Makemake, o segundo planeta anão mais brilhante. O primeiro, claro, você conhece: Plutão.Makemake foi descoberto apenas em 2005 e ganhou o nome da deusa da criação dos Rapa Nui, povo nativo da Ilha de Páscoa, no Chile. Ele tem pouco menos de 1.400 km de diâmetro (contra 2.372 km de Plutão, medidos com exatidão pela sonda New Horizons) e, a exemplo de seu irmão maior, é um membro do cinturão de Kuiper, localizado além da órbita de Netuno.

Presa quadrilha com armas, combustível e distintivo policial

27/04/2016

Aplicativos


 Locutor Ao vivo


AutoDJ

Só sucessos

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

top1
1. Priscilla Alcantara

Me Refez

top2
2. Gabriela Rocha

Lugar Secreto

top3
3. Davi Sacer

Tua Graça me Basta

top4
4. Anderson Freire

Acalma o meu coração

top5
5. Aline Barros

Ressuscita-me


Anunciantes